ACOBES pede intervenção do PR para se estancar aumentos de preços dos produtos no mercado nacional.
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Mamasamba Balde

Abril 4, 2022

Abril 4, 2022

A Associação dos Consumidores de Bens e Servíços (ACOBES) pediu no fim-de-semana ao Presidente da República Umaro Sissoco Embaló que use a sua Influência junto do governo para se estancar a especulação dos preços dos produtos no mercado nacional.

O pedido foi feito pelo Presidente da ACOBES, Bambo Sanhá, à saída de um encontro com o Presidente da República, realizado no âmbito das diligências que a organização leva a cabo para travar a subida de preços de produtos, particularmente os de primeira necessidade, no mercado Nacional.

“A situação de especulação de preço dos produtos de primeira necessidade, está a afectar a população, negativamente. Porque, neste momento muitas pessoas têm dificuldades em encontrar alimentos para o consumo diário, uma vez que, carecem de meios para os adquerir , à preços exagerados que estão ser praticados”, disse Bambo Sanhá.

Ainda Bambo Sanhá disse ainda que as dificuldades e a nível mundial mas também um Estado tem por missão proteger a camada mais vulnerável.

“Sabemos que a dificuldade é a nível mundial, mas também um Estado tem por missão proteger a camada mais vulnerável. Por isso, estamos aqui pedindo que o Presidente use a sua influência junto do governo, no sentido de tornar os preços mais acessíveis, de modo que os mais carênciados possam estar a altura de adquerir algo para o consumo diário”, referiu o Presidente da ACOBES.

Sanhá questionado ainda qual foi a reação do Presidente da Repúiblica face a referida preocupação da ACOBES.

“Umaro Sissoco Embaló prometeu usar a sua influência junto do governo para minimizar a situação por ser prejudicial para o povo em geral” Frisou

Óleo alimentar que era 1000 francos cfa hoje em dia custa 1500 francos, uma barra de sabão que custava 800 francos cfa agora é vendida a 1200 fcfa, o kilograma de açucar saiu de 500 francos para 700 ou 800 francos, um kilograma de carne que outrora era vendido a 4000 francos, agora é 5000, entre tantos outros aumentos.

//RTB – ANG

Artigos relacionados

Caso Marcelino Intupe: MADEM G-15 chama atenção.

Caso Marcelino Intupe: MADEM G-15 chama atenção.

O Movimento para Alternância Democrática ( MADEM G-15) convidou as autoridades nacionais para “o respeito das leis da República” e que garantem a segurança e proteção aos cidadãos. A posição do MADEM G-15 foi esta sexta-feira (02.12) expressa no Comunicado à imprensa...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE