Serviços de Migração desmentem notícia de mulher detida com crianças em Lisboa.
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Geraldo C

Julho 26, 2023

Julho 26, 2023

Serviços de Migração e Fronteiras considera falsas as informações noticiadas na agência Lusa sobre mulher que viajou de Bissau com crianças e detida no aeroporto de Lisboa.
Segundo imprensa Lusa, a informação foi avançada num comunicado divulgado, no domingo pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) de Portugal, e indicou que a mulher foi detida por suspeita de crime de tráfico de seres humanos.
Em conferência de imprensa, esta quarta-feira 26.07.2023, o diretor geral de migração e fronteiras, Lino Leal da Silva, fundamenta que a mulher estava devidamente legal desde Bissau.
“Não esperávamos por tamanha de Agência Lusa em difundir informações dessas sem procurar a base da notícia, sobre tudo da direção de migrações para saber o que está acontecendo” disse Lino da Silva.
Segundo este responsável uma senhora de nome Udé Balde é que levou 11 crianças entre quais, 04 delas são da nacionalidade portuguesa, 05 espanhola e 01 guineense, todos devidamente com autorizações de viagem assinado pelos pais e do tribunal dos menores, no Tribunal Regional de Bissau, sendo isso, afirmou que não houve nenhuma irregularidade verificada neste processo.
Lino afirma que o aeroporto de Bissau é dos mais controlados atualmente, por isso é difícil viajar com documentos falsos. Por outro lado, se a viagem era irregular, as crianças seriam deportadas no aeroporto.
Disse “se a viagem das crianças era irregular, o porquê que as crianças não foram detidas e retornadas, até os familiares foram a esperar no aeroporto para recebê-los e, inclusive as autoridades portuguesas entregaram as crianças aos familiares”
A suspeita viajava no sábado acompanhada de 11 crianças, alegando ser a mãe de uma delas e para a qual apresentou às autoridades de fronteira um documento alheio, pertencente à sua verdadeira filha, com a qual apresentava semelhanças fisionómicas”, lê-se no comunicado, que diz haver “fortes indícios” da prática do crime de tráfico de seres humanos, auxílio à migração ilegal e uso de documento de viagem alheio”.
A fonte da Lusa disse que as autoridades portuguesas apreenderam também dois documentos de viagem, cartões de embarque e uma autorização de viagem internacional.
A passageira estava a aguardar eventuais medidas de coação, enquanto aguardava o julgamento do caso.

//RTB

Artigos relacionados

Deputado Bamba Banjai notificado pelo DIPIC

Deputado Bamba Banjai notificado pelo DIPIC

O Departamento de Informação Policial e Investigação Criminal da Polícia de Ordem Pública, manda notificar com urgência o Deputado da Nação Bamba Banjai junto da Instalação da 2ª Esquadra. Segundo o documento na posse da Redação da RADIO TV BANTABA, datada de...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE