Rei do Marrocos, doou 2.000 toneladas de fertilizantes à Gabão
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Geraldo C

Fevereiro 16, 2023

Fevereiro 16, 2023

Rei do Marrocos Mohammed VI, ofertou 2.000 toneladas de fertilizantes para agricultores gaboneses.

Esta acção de solidariedade, faz parte da preocupação do Reino de Marrocos para com os agricultores gaboneses, especialmente no contexto actual, marcado pela crise alimentar mundial e pelas dificuldades de fornecimento de fertilizantes.

Rei Mohammed VI, mantém conversações na quarta-feira 15.02.2023, com o Presidente Ali Bongo Ondimba, Presidente da República Gabonesa, no Palácio Presidencial em Libreville e, entregou lhe uma doação de fertilizantes aos agricultores gaboneses.

A reunião, que mais tarde foi alargada ao Ministro dos Negócios Estrangeiros, Cooperação Africana e Marroquinos Residentes no Estrangeiro, Nasser Bourita, à Ministra Delegada para os Negócios Estrangeiros do Gabão, Yolande Nyonda, e ao Secretário-Geral da Presidência da República do Gabão, Jean-Yves Teale, foi uma oportunidade para sublinhar a importância das relações profundamente enraizadas, ricas e solidamente enraizadas entre “Marrocos e o Gabão”, bem como os fortes laços de fraternidade e solidariedade entre os dois povos.

Durante o seu encontro, o Rei, e o Presidente gabonês passou em revista o estado da parceria bilateral em todos os domínios.

Posteriormente, o Rei Mohammed VI, procedeu, na presença do Presidente da República Gabonesa, à entrega de uma doação de 2.000 toneladas de fertilizantes.

Em conformidade com as Altíssimas Instruções Reais, na sequência desta operação, será empreendida uma acção estrutural com o objectivo de permitir aos agricultores deste país fraternal o acesso a fertilizantes de qualidade, acessíveis e especificamente adaptados às necessidades dos solos e culturas da região.


✒︎ A audiência entre Sua Majestade o Rei e o Presidente gabonês reflecte o interesse, constantemente demonstrado pelos dois Chefes de Estado, em consolidar a sua parceria estratégica, baseada em relações fraternas históricas, cujos primeiros marcos foram estabelecidos por Sua Majestade o falecido Rei Hassan II e Seu Irmão o falecido Presidente Omar Bongo Ondimba, que Deus tenha as suas Almas na Sua Santa Misericórdia.

✒︎ Esta doação é portanto um testemunho da profundidade e riqueza dos laços estratégicos, estreitos e fraternais que ligam o Reino de Marrocos à República Gabonesa e constitui um exemplo de cooperação inter-africana baseada nos valores da solidariedade, intercâmbio e partilha.

✒︎ A doação real está no centro desta estratégia real, que sempre se preocupou com o bem-estar das populações africanas, no quadro de uma visão verdadeiramente solidária do co-desenvolvimento, que contrasta com a predação daqueles que insistem em confinar a África à caixa redutora de uma reserva ou quintal.

✒︎ O presente real consiste em fertilizantes adaptados aos solos do Gabão, no quadro de uma abordagem ambiental baseada na terra, baseada na identificação das necessidades nutricionais, a fim de evitar qualquer utilização intensiva que possa ser prejudicial.

✒︎ A projecção multifacetada da estratégia Real em África inclui a segurança alimentar, como evidenciado pela doação Real em benefício dos pequenos agricultores do Gabão, o desenvolvimento sustentável, a promoção de pequenas e médias empresas, a mediação para a resolução de conflitos, e o acolhimento de migrantes e refugiados, bem como a manutenção e consolidação da paz no continente.

✒︎ Esta doação é um testemunho do firme compromisso de HM o REI em contribuir para a realização dos Primeiro e Segundo Objectivos de Desenvolvimento da ONU até 2030 no Continente Africano.

✒︎ A doação Real é também uma contribuição eficaz para o objectivo da UA de aumentar o uso de fertilizantes de 8kg por hectare para 50kg por hectare.

✒︎ É este compromisso genuíno e sinérgico do Reino de Marrocos para com o continente africano que está actualmente a causar assédio sem precedentes por parte de certos quadrantes, tais como o activismo hostil do P-E e os ataques em curso a Marrocos.

✒︎ A abordagem desactualizada da chasse gardée e da renda geoestratégica é cada vez mais denegrida em todo o continente africano.



//RTB

Artigos relacionados

FC Sonaco soma e segue na Liga

FC Sonaco soma e segue na Liga

Em Corca Sow,  este sábado (18-03), Os Balantas de Mansôa foram derrotas pelos Hipopótamos de Sonaco, por uma bola a zero. Uma partida, bem disputada  por duas equipas, no pelado, com poucas oportunidades criadas nos primeiros minutos do jogo, porém os donos...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE