QUINARA: Governo local quer diminuir os conflitos ligados à alteração Climática.
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Redação

Agosto 18, 2022

Agosto 18, 2022

A missão do projeto ” CRIAÇÃO DE ESPAÇOS PÚBLICOS SEGUROS E CAPACITADORES COM MULHERES PARA ATENUAR OS RISCOS DE SEGURANÇA CLIMÁTICA E MANTER A PAZ NA GUINÉE-BISSAU ” reune esta quarta-feira (17.08) com as autoridades administrativas públicas e Organizações da Sociedade civil da região de Quinira.

O encontro decorreu na cidade de Buba e teve como principal objetivo recolher informações importantes que possa enriquecer a implementação das atividades do mesmo projeto.

A ocasião serviu para Sidónio Bana, Governador da Região apelar a apropriação do pelas autoridades e Organizações sociais da Região de Quinara.

“Todos nós devemos proteger este espaço e unirmos para que este projeto possa ter sucesso na nossa região”. Desafiou.

De referir que o projeto em causa visa mitigar os conflitos sobre a terra e a água agravados pelas alterações climáticas na Guinée-Bissau, assegurando que as pessoas mais afetadas, ou seja, as mulheres rurais, possam contribuir e moldar a resposta. O projeto pretende ainda promover a paz através da criação de espaços de diálogo seguros e sustentáveis para que as comunidades discutam questões relacionadas com as alterações climáticas e identifiquem coletivamente soluções de adaptação, que possam ser transmitidas às autoridades de todos os níveis de governação de uma forma mais organizada, participativa e inclusiva.

O mesmo será implementado nas três regiões do país, Quinira, Gabu e Cacheu com uma duração de 18 meses. É financiado pelo Fundo das Nações Unidas para a Consolidação de Paz e está a ser implementado pelo PNUD e PAM. Conta ainda como parceiros de implementação o Governo da Guiné-Bissau, Tininguena, Organizações de Sociedade Civil e entre outras.

Na região de Quinara, vai atuar nas comunidades residentes na zona do Parque Natural das Lagoas de Cufada, mas especificamente na zona das Lagoas de Cufada, simplesmente, por ser o maior reservatório da água doce do país.

RTB

Cortesia/Governo Regional de Quinara

Artigos relacionados

Nova Iorque: CEDEAO decide impor sanções contra a Guiné Conakry

Nova Iorque: CEDEAO decide impor sanções contra a Guiné Conakry

Reunidos em cimeira extraordinária esta quinta-feira, 22 de setembro de 2022, em Nova Iorque, à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas, os Chefes de Estado da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), decidiram impor sanções adicionais...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE