Presidente Sissoco quer apoio para travar o terrorismo na África Ocidental.
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Mamasamba Balde

Setembro 22, 2022

Setembro 22, 2022

O chefe de estado da Guiné-Bissau e presidente em exercício da CEDEAO alertou a comunidade internacional para a necessidade de apoiar para travar o terrorismo na África Ocidental.


Sissoco Embalo discursava hoje, na 77ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, a decorrer em Nova Iorque.
“Trata-se de uma ameaça à paz e segurança internacional que, para ser eficazmente combatida, deve necessariamente envolver toda a comunidade internacional e a ONU, em particular”, alertou Embalo.


A assembleia Geral da ONU decorre sobre os debates crise de segurança causada pelo conflito entre a Russia e Ucrânia, assim como as crises alimentar, climática e energética, ainda de tensões China – Estados Unidos.
Sissoco Embalo disse no seu discurso que a estabilidade de continente africano está ameaçada pela insegurança causada pelo terrorismo, extremismo violento e criminalidade transnacional. Contudo Embalo, admitiu haver quadro político criado pela CEDEAO.


“A CEDEAO criou um quadro político, jurídico e mecanismos estruturais para
a prevenção e resolução de crises políticas e institucionais, mas, contudo, os desafios permanecem inúmeros e difíceis de resolver”, lembrou.


Uma Sissoco Embalo que também é presidente de Aliança dos Líderes Africanos contra aa Malária ALMA alertou a necessidade de haver medidas para combater as doença no continente.


“Precisamos tomar medidas adequadas para proteger a todos, em todos os lugares, das doenças infecciosas. Gostaria de aproveitar esta oportunidade para convidar todos os países, governos, doadores e parceiros de desenvolvimento a contribuírem para o Reabastecimento do Fundo Global. Juntos e de maneira solidária, podemos acabar com a malária de uma vez por todas e salvar milhões de vidas humanas”, realçou .


RTB

Fonte : O Democrata

Artigos relacionados

Nova Iorque: CEDEAO decide impor sanções contra a Guiné Conakry

Nova Iorque: CEDEAO decide impor sanções contra a Guiné Conakry

Reunidos em cimeira extraordinária esta quinta-feira, 22 de setembro de 2022, em Nova Iorque, à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas, os Chefes de Estado da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), decidiram impor sanções adicionais...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE