Paralisação no setor dos transportes públicos a nível do país inicia amanhã
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Bantaba

Novembro 26, 2023

Novembro 26, 2023

A denúncia do porta-voz da Federação Nacional da Associação dos Motoristas e Transportadores da Guiné-Bissau, foram proferidas na terça-feira (21.11) em Bissau.
Bubacar Félix Frederico Hopffer, falava durante uma conferência de imprensa que serve para informar a opinião pública nacional e internacional da violação do memorando do entendimento assinado com o governo e lembra que já entregou um pré-aviso de greve ao executivo de Geraldo Martins.
“Fomos dados número de conta bancaria em que todos nos e os nossos associados que tinham um processo ou a quem for preso nas operações da estrada para pagarem multa; mas surpreendentemente nestes dias viemos a encontrar o retorno das cadernetas nas estradas em todo território nacional inclusive em Bissau, tanto que o Ministério do Interior e o Ministério dos Transportes através da Direção Geral dos transportes e as Esquadras policiais continuam a fazer cobranças nas vias públicas, por isso, achamos que não é justo estivermos a pagar na mão de uma pessoa fora dos bancos” completou Bubacar Hopffer deixando claro que sendo defensores dos transportadores não vão admitir senários como aquelas.
Por outro lado, o Líder sindical, responsabiliza o governo pelas consequências que a paralisação poderá causar na vida quotidiana da população.
“Neste momento em que se aproxime as festividades de Natal e do novo ano e habitual existir senários como estas nas estradas do país, porque quando fizemos greve assumimo-lo, por isso, entregamos a responsabilidade desta paralisação ao governo, porque a Ministra do Interior tem conhecimento do que esta acontecer, disse Félix Frederico Hopffer.
Que, no entanto, tinha afirmado que foram empurrados a fazer greve porque somente na Guiné-Bissau que ninguém ou uma instituição aceite assumir responsabilidade como estas, uma vez que tem pessoas que vão perder com esta paralisação principalmente a população e o próprio estado pelas constantes violações de acordo assinado, sublinhou, Bubacar Hopffer.
A Federação Nacional da Associação dos Motoristas e Transportadores da Guiné-Bissau, projeta paralisar o setor de transportes rodoviário a nível nacional a partir de 00 horas do próximo dia 27 de Novembro se o executivo liderado por Geraldo João Martins continue a violar o memorando do entendimento assinado com a Federação, a paralisação vai continuar até aos 2 de Dezembro do ano em curso. Ainda que estão disponíveis para negociações a qualquer momento que foram notificados, mas, promete que não vão desarmar nas suas exigências até quando foram cumpridos os compromissos assumidos com o governo.

Por: Izaías Teixeira Félix

Artigos relacionados

Bamba Banjai detido na segunda Esquadra de Bissau

Bamba Banjai detido na segunda Esquadra de Bissau

O deputado da Nação e dirigente do Movimento para Alternância Democrática MADEM-G15, Bamba Banjai, foi detido esta terça-feira (27.02), após ser ouvido durante cinco horas, na Segunda Esquadra de Bissau. Fonte: cFm

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE