PAIGC Condena Ação da Guarda Nacional na Libertação Forjada de Altos Funcionários do Governo
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Redação

Dezembro 2, 2023

Dezembro 2, 2023

Bissau, 2 de Dezembro de 2023 – O Secretariado Nacional do PAIGC divulgou hoje um comunicado à imprensa sobre os recentes eventos ocorridos entre 30 de Novembro e 1 de Dezembro de 2023, marcados por confrontos entre a Guarda Nacional e um destacamento de militares ligados às forças Republicanas do Estado-maior.

O comunicado destaca vários pontos importantes:

Lamentação dos Tiroteios: O PAIGC lamenta os intensos tiroteios que resultaram em mortes e feridos, causando pânico na população guineense.
Exortação ao Ministério Público: O partido exorta o Ministério Público a respeitar os procedimentos legais de audição para apurar os factos e cumprir os prazos e medidas preventivas estabelecidos por lei.
Condenação da Guarda Nacional: O PAIGC condena a atuação da Guarda Nacional, acusada de forjar a libertação de altos funcionários do governo nas instalações prisionais da Polícia Judiciária.
Reprovação da Presença Militar: Condenação da presença de militares fortemente armados nos arredores da residência do Presidente da Assembleia Nacional Popular e líder do PAIGC, Domingos Simões Pereira, no dia 1 de Dezembro.
Crítica ao MADEM G-15 e Outros Partidos: O PAIGC critica o MADEM G-15 e outros partidos sem assento parlamentar por suas ações anti-democráticas e belicistas, acusando-os de desrespeito às regras de um Estado de Direito Democrático.
Apoio ao Chefe de Governo: O comunicado encoraja o Dr. Geraldo João Martins, chefe de Governo, a colaborar com as autoridades judiciais no apuramento dos factos.
Finalmente, o PAIGC apela à calma e ao respeito pelas decisões judiciais, reiterando seu compromisso com o cumprimento dos procedimentos legais. O comunicado termina com um chamado para a observância do veredicto popular e das decisões judiciais.

RTB

Artigos relacionados

Bamba Banjai detido na segunda Esquadra de Bissau

Bamba Banjai detido na segunda Esquadra de Bissau

O deputado da Nação e dirigente do Movimento para Alternância Democrática MADEM-G15, Bamba Banjai, foi detido esta terça-feira (27.02), após ser ouvido durante cinco horas, na Segunda Esquadra de Bissau. Fonte: cFm

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE