PAIGC: Candidatos derrotados falam em “ lisura do processo” e a “vontade dos congressistas”.
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Geraldo C

Novembro 21, 2022

Novembro 21, 2022

Os três candidatos derrotados no X congresso do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) reconheceram “a vitória de Domingos Simões Pereira” e admitiram “trabalhar com o novo líder”.

Em discursos separados no congresso, os candidatos derrotados no X Congresso dos libertadores, Edson Saldanha Araújo, João Bernardo Vieira e Octávio Lopes, afirmaram reconhecer a “lisura do processo” e a “vontade dos congressistas”.

Quadro ligado ao parlamento guineense, Edson Araújo disse aceitar os resultados e que a partir de agora a luta do PAIGC deve ser “de todos os militantes, contra o subdesenvolvimento” da Guiné-Bissau.

Para João Bernardo Vieira “não há vencedor ou vencidos” no congresso que terminou este Domingo em Bissau

“O PAIGC é que venceu. Manifesto a minha total disponibilidade para continuar a servir o partido, ontem, hoje e sempre”, disse  João Bernardo.

No seu discurso momento após ao anúncio dos resultados, Octávio Lopes, admitiu que ouviu a “vontade do congresso”, frisando que os congressistas escolheram “de forma inequívoca” Domingos Simões Pereira.

“O processo foi livre, justo e transparente. E a mensagem política deste congresso é clara, citando o poeta Fernando Pessoa: Cada coisa a sem tempo. Ainda não é o meu tempo”, realçou Octávio Lopes, que admitiu ainda ser tempo de “cerrar fileiras à volta de Domingos Simões Pereira” e trabalhar para que o PAIGC possa “eleger um Presidente da República, uma maioria no parlamento e um Governo”.

Octávio Lopes reafirmou a sua “inteira disponibilidade” para servir o novo presidente e o próprio PAIGC

“Nós somos um soldado ao serviço do PAIGC e à disposição do seu presidente”, observou.

RTB/ Lusa

Artigos relacionados

Casa de Ntupé foi atacada “a tiros “por pessoas desconhecidas.

Casa de Ntupé foi atacada “a tiros “por pessoas desconhecidas.

A casa do advogado e analista jurídico Marcelino Intupé foi atacada a tiros esta noite (05.12) por pessoas desconhecidas, informou a Rádio Sol mansi. “Estas informações foram confirmadas por pessoas próximas à sua residência e por fontes policiais que...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE