Ministro das Finanças afirma que a taxa audiovisual já rendeu 47,7 milhões de francos CFA
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Redação

Fevereiro 6, 2023

Fevereiro 6, 2023

O ministro das Finanças anunciou que a taxa audiovisual cobrados através das faturas da Empresa de Eletricidade e Águas da Guiné-Bissau(EAGB), já rendeu o valor de 47,7 milhões de francos CFA e que estão depositados numa conta especial no Banco Central de Estados da África Ocidental(BCEAO).

Ilídio Vieira Té falava hoje à imprensa à margem da cerimónia de assinatura de dois novos projetos financiados pelo Banco Mundial, nomeadamente o Projeto do Reforço do Sector Público da Guiné-Bissau II e o de Investimento de Resiliência das Áreas Costeiras da África Ocidental-WACA.

O governante disse que a lei indica claramente como é que os fundos relacionados a referida taxa audiovisual devem ser repartidos, porque consta no Orçamento Geral de Estado, tanto do ano 2022, assim como de 2023.

“Está tudo especificado as entidades que têm direito e como serão repartidos”, salientou.

Perguntado sobre para quando o arranque na sua distribuição, Vieira Té afirmou que cabe ao ministério e instituições contempladas definir critérios de utilização do referido fundo.

“Não é somente pegar o dinheiro e enviar, isso não se funciona assim, porque são impostos das pessoas e quando é assim alguém tem que ser responsabilizado pela sua gestão”, disse o ministro das Finanças.

A Taxa ou Contribuição audiovisual, segundo a Lei do Orçamento Geral de Estado 2021, representa uma forma de financiar os serviços públicos de órgãos de comunicação social estatal, nomeadamente a Agência de Notícias da Guiné(ANG) , o jornal Nô Pintcha , a Radiodifusão Nacional e a Televisão da Guiné-Bissau.

O atigo 3 da Lei de Contribuição Audiovisual determina a aplicação de uma taxa mensal de 3 por cento sobre o valor da fatura do comprador da eletricidade, sendo o valor máximo fixado em 1000 fcfa.

As maiores fatias desse fundo são alocadas a TGB e a EAGB, 25 por cento cada. A RDN tem direito a 20 por cento enquanto que a ANG e o jornal Nô Pintcha devem receber 15 por cento cada (artigo 6º).

RTB/ANG

Artigos relacionados

Armando Lona detido pela polícia.


Armando Lona detido pela polícia.

O  Coordenador da Frente Popular, Armando Lona, está detido pelas forças de ordem, na sequência da manifestação pacífica deste sábado, 18, em Bissau. Também, para além da Presidente da Associação Juvenil para Promoção e Defesa dos direitos humanos, a CFM soube da...

Gibril Bodjam detido em Gabú

Gibril Bodjam detido em Gabú

Ativista Social Gibril Bodjam detido esta manhã pela Policia de Ordem Pública de Gabú durante conferência de  imprensa na sequência da marcha...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE