Ministro da Defesa Nacional recebe a visita do Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas do Senegal.
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Mamasamba Balde

Agosto 20, 2022

Agosto 20, 2022

O Tenente General CHEICKH WADE encontrou-se esta sexta-feira, 19 de Agosto de 2022, com Marciano Silva Barbeiro, no âmbito da sua visita a Guiné-Bissau.

O Chefe das Forças Armadas do Senegal está no país para acompanhar o desempenho do contingente senegalês que integra a Força da Estabilização da CEDEAO.

Durante a reunião com o titular da pasta da Defesa, WADE saudou a liderança da Guiné-Bissau na CEDEAO e prometeu que o seu país vai acompanhar a nossa nação, nesta missão, tanto a nível militar como político.

“Estamos contentes com a liderança da Guiné-Bissau na CEDEAO contem com o nosso apoio tanto a nível militar como político, porque esta missão é nossa”.

O Tenente General senegalês disse ter grande confiança nas relações entre os dois países vizinhos.

Na sua comunicação o Ministro de Estado da Defesa e Combatentes da Liberdade da Pátria, MARCIANO SILVA BARBEIRO, considerou de natural as relações entre Guiné-Bissau e Senegal.

“Não estamos aqui a construir relações, mas sim estamos a consolidar as relações naturais existentes entre os dois países, povos e Estados” disse Silva Barbeiro.

O titular da pasta da Defesa reconheceu que o nosso país sempre teve apoio do Senegal no domínio da Formação Militar.

O encontro contou com a presença do representante da CEDEAO no país, Hamidou Boly, Vice-chefe do Estado Maior-General das Forças Armadas, General Mamadu Nkrumma, Diretor-geral da Política da Defesa nacional, General Marcolino Alves e outras chefias militares.

Fonte: Gabinete de comunicação do Ministério da defesa nacional

Artigos relacionados

Nova Iorque: CEDEAO decide impor sanções contra a Guiné Conakry

Nova Iorque: CEDEAO decide impor sanções contra a Guiné Conakry

Reunidos em cimeira extraordinária esta quinta-feira, 22 de setembro de 2022, em Nova Iorque, à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas, os Chefes de Estado da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), decidiram impor sanções adicionais...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE