Ministério do Interior responde a controvérsias sobre casos policiais e falecimento de Jovem
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Geraldo C

Outubro 18, 2023

Outubro 18, 2023

Numa nota de imprensa a que a TV BANTABA teve acesso, o Ministério do Interior disse ter tomado conhecimento ontem, dia 17 de outubro de 2023, do falecimento de um jovem que se identifica com o nome de Abdul Carimo Sani, através do seu pai. Segundo as informações por ele fornecidas, a origem da morte do filho deve-se a uma agressão policial ocorrida no dia 30 de setembro último.

Nesta conformidade, o Ministério do Interior lamenta o facto e, em nome da Ministra do Interior e da Direção do Ministério, endereça as mais sentidas condolências à família do malogrado.

Ainda relativamente a este triste acontecimento, o Ministério do Interior recebeu uma carta aberta da Liga Guineense dos Direitos Humanos, cuja versão sem assinatura já circulava nas redes sociais. Nessa carta, esta Organização dos Direitos Humanos acusa o Ministério do Interior de um silêncio ensurdecedor e inquietante passividade por parte da responsável máxima da instituição, Ministra do Interior, perante este e ainda outro caso da operação policial que decorreu no dia 4 de outubro corrente.

O Ministério do Interior lamenta o tratamento que se pretende dar a este assunto e tranquiliza a opinião pública nacional de que está a cumprir com suas atribuições, respeitando um dos princípios basilares da justiça que consiste no sigilo enquanto o processo segue os seus trâmites normais no fórum apropriado.

Na nota, o Ministério do Interior assegura a opinião pública de que os referidos casos já se encontravam sob a alçada da Polícia Judiciária, que está a realizar suas investigações antes mesmo da receção da referida carta aberta.

O Ministério do Interior, assegura que enquanto instituição pública, sempre terá suas portas abertas para atender a todos os interessados nos assuntos sob a sua responsabilidade, respeitando os parâmetros legalmente estabelecidos.

O ministério termina a sua nota, sendo a instituição que tem por missão de garantir a ordem pública, tranquilidade e segurança dos cidadãos guineenses em todo o território nacional, no que tange a todos os seus direitos fundamentais, está e estará sempre no primeiro plano do Ministério do Interior.

//RTB

Artigos relacionados

JOVENS DA GUINÉ -BISSAU QUE DESAPARECERAM DE ESTÁGIO JÁ APARECERAM Os rapazes estavam em Portugal por conta da participação no Torneio Luso Cup e...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE