Lusofonia: Guiné-Bissau está na lista dos países mais corruptos.
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Geraldo C

Janeiro 31, 2023

Janeiro 31, 2023

A Guiné-Bissau é o país de língua portuguesa pior colocado “no Índice de Perceção da Corrupção de 2022”, divulgado nesta terça-feira (31.1) pela Transparência Internacional, (TI) que analisa a situação em 180 países.

Moçambique subiu cinco degraus em relação ao ano passado (142).º, enquanto Angola ascendeu quatro lugares, mas continua “na 116a. posição na tabela”.

Cabo Verde é o lusófono “em África melhor colocado” (35), mais quatro do que em 2021, e São Tomé e Príncipe, que subiu três lugares, está agora na 65a. posição.

O Índice de Perceção da Corrupção é divulgado cada ano, desde 1995, pela organização não governamental Transparência Internacional e tem sido uma referência na análise do fenómeno da corrupção, a partir da perceção de especialistas e executivos de negócios sobre os níveis de corrupção no sector público.

A Guiné-Bissau obteve “apenas 26 pontos numa escala que vai de zero aos 100, a melhor pontuação”.

De acordo com a TI, a corrupção é uma realidade alargada e não há sinais visíveis de medidas para a combater.

“A falta de uma boa liderança condiciona a forma de lidar com os desafios de segurança e a sua vulnerabilidade à corrupção prejudica as respostas do Estado”, referiu TI.

De acordo com TI, Angola subiu quatro lugares, mas, com 30 pontos, continua na 116a. posição na tabela.

Apesar de reconhecer que o combate à corrupção anunciado pelo Presidente João Lourenço, em 2017, “estar a surtir efeitos”, a TI destaca que “continua a haver a preocupação de que as investigações de corrupção tenham motivação política e de que o partido do governo (Movimento Popular de Libertação de Angla) possa ter como alvo a oposição”.

Cabo Verde é o lusófono em África melhor colocado, com 60 pontos em 100, ao subir quatro lugares e ocupar a posição 35a.

O Índice pontua que “as reformas do sector público também mantiveram Cabo Verde como líder da região” em virtude de ter aplicado “várias medidas para aumentar a transparência nas transacções governamentais e comerciais, de acordo com seus compromissos da Parceria de Governo Aberto”.

Por sua vez, São Tomé e Príncipe, que também subiu três degraus, está agora no lugar 65.

No relatório, a organização não governamental internacional com sede em Berlim, na Alemanha, diz que apesar dos esforços concentrados e muitos ganhos duramente conquistados, o Índice de Perceção da Corrupção 2022 mostra que a escala da corrupção é enorme.

“A média mundial permanece inalterada em 43 pontos em 100 pelo 11o. ano consecutivo, e mais de dois terços dos países (68 por cento) têm uma pontuação abaixo de 50”, adiantou.

A presidente da TI escreve no relatório que “a corrupção tornou nosso mundo mais perigoso” porque “como os governos falharam coletivamente em fazer
progressos contra ela, eles alimentam o atual aumento da violência e conflitos, que colocam pessoas em perigo em todos os lugares”.

Para Delia Ferreira Rubio, “a única saída é os Estados fazerem o trabalho duro, eliminar a corrupção em todos os níveis para garantir que os Governos trabalhem
para todas as pessoas, não apenas para uma elite”.

No capítulo da África Subsahariana, a TI diz que “a pandemia da Covid-19 afectou severamente os meios de subsistência, aprofundou desigualdades e aumentou riscos de corrupção”, por isso, a “região continua a ter o mais baixo desempenho no índice, com uma média de 32 pontos”.

Em termos numéricos, 44 dos 49 países avaliados estão abaixo de 50 pontos e registaram-se quedas significativas em muitos deles, superando as conquistas de poucos.

No continente africano, estão acima dos 50 pontos apenas Seichelles, Cabo Verde, Ruanda e Maurícias.

RTB/VOA

Artigos relacionados

Deputado Bamba Banjai notificado pelo DIPIC

Deputado Bamba Banjai notificado pelo DIPIC

O Departamento de Informação Policial e Investigação Criminal da Polícia de Ordem Pública, manda notificar com urgência o Deputado da Nação Bamba...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE