Jovem de 25 anos morta pelo marido.
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Redação

Novembro 1, 2022

Novembro 1, 2022

Uma jovem de 25 anos de idade foi agredida fortemente pelo seu marido de 50 anos e horas depois acabou por falecer.

Esta situação já teve a intervenção das forças policiais que detiveram o suspeito e espera-se a conclusão do relatório médico para que o processo seja transferido ao Ministério Público.

Segundo a Rádio Solmansi, Tudo teria acontecido, esta segunda-feira, por volta das 20 horas, concretamente na povoação Sara Iero, regulado de Badora, pertencente ao setor de Bafatá, onde segundo testemunhas, a vítima teria discutido com o seu marido minutos antes de ser agredida.

O irmão mais novo do agressor disse que o casal estava a discutir porque a vítima teria guardado comida para levar ao seu pai e o fato não era do conhecimento do marido que por sua vez, tentou impedir que a comida seja tirada da sua casa.

“Ao voltar para a casa senti os gritos das pessoas e corri para o local e vi a esposa do meu irmão no chão. Depois da agressão ela estava a queixar-se de dores no corpo”, explica o testemunho.

Na mesma ocasião a médica que examinou o corpo da vítima no local Indafa Binalu, explicou que a vítima teve hematomas na cabeça e isso poderia estar na origem da sua morte.

“No exame físico constatamos sinais na parte lateral da face e na parte superior da maxila superior e é uma escoriação que impressiona sinais de trauma e do resto não vimos mais algum sinal e daqui mostra que possivelmente a causa da morte poderá ser por um trauma craniana forte”, explica a médica.

O irmão mais velho da vítima diz desconfiar que a sua família foi morta depois de ter sofrido a agressão do marido, porque “desde que ela foi agredida, sofreu espancamentos na garganta e desde então não estava a falar e nem a reagir”.

“A minha irmã foi casada há três anos e nunca queixou-se de alguma dor. Ela foi morta depois de ser agredida fortemente”, disse o irmão da vítima.

As informações indicam que o suspeito já está em detenção nas celas da Polícia de Ordem Pública de Bafatá. O delegado da investigação da polícia de Bafatá disse que depois de ser identificado a equipa deslocou-se ao terreno para identificar a situação e a causa da morte.

“A vítima teve traumas no rosto e esperamos o relatório médico para transferir o caso para o Ministério Público”, disse o policial.

A jovem de 25 anos de idade supostamente morta pelo seu próprio marido de cerca de 50 anos de idade era mãe de 3 filhos.

Este é mais um caso de agressão física na cidade de Bafatá. Ainda este ano, uma mulher foi queimada à gasolina pelo seu próprio marido que depois de ser evacuada para Bissau acabou por falecer.

//RTB/RSM

Artigos relacionados

Armando Lona detido pela polícia.


Armando Lona detido pela polícia.

O  Coordenador da Frente Popular, Armando Lona, está detido pelas forças de ordem, na sequência da manifestação pacífica deste sábado, 18, em Bissau. Também, para além da Presidente da Associação Juvenil para Promoção e Defesa dos direitos humanos, a CFM soube da...

Gibril Bodjam detido em Gabú

Gibril Bodjam detido em Gabú

Ativista Social Gibril Bodjam detido esta manhã pela Policia de Ordem Pública de Gabú durante conferência de  imprensa na sequência da marcha convocada pela Frente Popupalar em todo o país. A polícia impediu a continuidade da conferência de imprensa da Frente Popular...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE