GOVERNO PERSPETIVA NOVO RECENSEAMENTO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Bantaba

Novembro 14, 2022

Novembro 14, 2022

O Ministro das Finanças, Ilídio Vieira TÉ manteve esta segunda-feira, (14.11) uma reunião híbrida, (online e presencial) com o Departamento do Banco Mundial, visando solicitar o apoio do Banco para a gestão da massa salarial na Administração Pública guineense.

“Espero que a nossa demanda tenha um parecer favorável do Banco Mundial” ressaltou o Ministro das Finanças, tendo reiterado a sua preocupação com o aumento “colossal” da massa salarial na Administração Pública nos últimos anos.

Nesta altura, a massa salarial da Guiné-Bissau consome cerca de 80% das receitas fiscais, o que contradiz sobremaneira o rácio de 35% fixado pela União Económica Monetária Oeste Africana, (UEMOA).

“Não houve sucesso, pois é preciso reapreciar toda situação da administração pública, designadamente a questão de pensão vitalícia”, esclareceu Vieira TÉ, tendo referido ‘momento histórico” no que concerne o aumento da massa salarial.”

O recenseamento realizado no primeiro semestre deste ano, 2022, prévia uma poupança de mais de 1 bilhão de francos, porém, os resultados não foram “satisfatórios”, “mesmo os 400 milhões inicialmente economizados já não existem”, devidas as reclamações atendidas depois.

“Doravante, a nossa preocupação tem a ver com a massa salarial” esclareceu Ilídio Vieira TÉ, que solicitou por isso, o apoio do Banco Mundial para a melhoria das receitas públicas, tendo como referência, a estratégia de Madagáscar na mobilização das receitas.

À reunião, estavam presentes, os Secretários de Estado do Tesouro, Mamadu Baldé e do Orçamento e Assuntos Fiscais, João Alberto Djata, assim como, os Diretores-Gerais das Alfândegas, Doménico Sanca e das Contribuições e Impostos, Henrique Horta, respetivamente.

A partir da sede do Banco Mundial em Washington e Dakar, João Morgado e Fatou Samba, Peritos e Funcionários da governança do (BM) seniores do Banco Mundial, sublinharam a pertinência da realização de um recenseamento da administração pública

“fiável e utilizável”.

De igual modo, as partes, governo e Banco Mundial abordaram a questão de gestão do projeto em curso na Guiné-Bissau.

Fonte: MF

Artigos relacionados

Armando Lona detido pela polícia.


Armando Lona detido pela polícia.

O  Coordenador da Frente Popular, Armando Lona, está detido pelas forças de ordem, na sequência da manifestação pacífica deste sábado, 18, em Bissau. Também, para além da Presidente da Associação Juvenil para Promoção e Defesa dos direitos humanos, a CFM soube da...

Gibril Bodjam detido em Gabú

Gibril Bodjam detido em Gabú

Ativista Social Gibril Bodjam detido esta manhã pela Policia de Ordem Pública de Gabú durante conferência de  imprensa na sequência da marcha...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE