Governo adoptou Plano de Emergência para evitar greves no setor Educação
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Bantaba

Setembro 6, 2023

Setembro 6, 2023

O ministro da Educação, do Ensino Superior e Investigação Científica, disse que o governo tem em mãos um Plano de Emergência para o decurso de um ano letivo sem sobressaltos.

Braima Sanhá falava à Voz de América sobre as perspetivas para o novo ano letivo com início previsto para 3 de Outubro, citando um plano de emergência para os próximos 30 dias adoptado pelo Governo.

Esse Plano de Emergência de 30 dias irá nos permitir que este ano letivo seja de êxito. Mas, para que isso aconteça é necessário que haja uma estratégia de desenvolvimento, colaboração e trabalho conjunto com todas as estruturas do país, particularmente os sindicatos, organizações sociopolíticas e as comunidades”, apontou Braima Sanhá.

Acrescentou que todas essas estruturas devem participar no processo de preparação do novo ano letivo e diz que só assim é que se pode ter condição efetiva e eficaz para ter um ano letivo de qualidade e sem sobressaltos.

O governante indicou que houve várias reuniões com os sindicatos e reitera que o diálogo é a base do trabalho.

“Outra ferramenta é a preparação dos quadros que vão trabalhar no sistema. Vamos estruturar as escolas, melhorá-las, e dar às escolas as condições para que possam funcionar. Uma delas é a capacitação dos professores, pôr à disposição os materiais didáticos, a tempo e hora. Na base disso podemos então avançar. Seja como for, não vamos ter tudo neste momento, pois a Educação é pesada. As coisas vão ser feitas passo a passo”, garante Sanhá.

Por sua vez, o porta-voz dos sindicatos do setor, Sene Djassi declarou que vão criar as condições para que haja um ano letivo sem sobressaltos, contrariamente ao que foi registado nos últimos três anos, em que o sistema educativo quase não funcionou.

A espera de resolução no ministério estão os casos de dívida de subsídios de isolamento, de giz, da carga horária, assim como da dívida de alguns professores e novos ingressos referentes ao ano letivo 2021/2022 e de alguns professores contratados do mesmo ano.

Sene Djassi disse esperar do novo Governo o atendimento destes pontos para o bem do sistema educativo, não obstante mostrar-se um pouco cauteloso.

“Habitualmente, qualquer governo sempre mostra abertura. Mas, levando alguns meses, a situação se complica. Seja como for, temos expectativas, aliás, o governo de PAI – Terra Ranka bem sabe que ganhou eleições, tendo em conta a má Governação do Governo cessante”, conclui Djassi.

ANG

Artigos relacionados

Deputado Bamba Banjai notificado pelo DIPIC

Deputado Bamba Banjai notificado pelo DIPIC

O Departamento de Informação Policial e Investigação Criminal da Polícia de Ordem Pública, manda notificar com urgência o Deputado da Nação Bamba...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE