Gabão: Oficiais militares declaram golpe após Ali Bongo vencer eleição controversa.
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Redação

Agosto 30, 2023

Agosto 30, 2023

Aljazeera

Um grupo de oficiais superiores militares do Gabão anunciou na televisão nacional que tomaram o poder devido à falta de credibilidade das eleições realizadas no fim de semana.

Os oficiais, que apareceram na Gabon24 nas primeiras horas da manhã de quarta-feira, afirmaram ter anulado as eleições, dissolvido todas as instituições estatais e fechado as fronteiras do país.

Afirmaram representar todas as forças de segurança e defesa do Gabão.

O anúncio ocorreu pouco depois de o órgão eleitoral do estado declarar que o Presidente Ali Bongo Ondimba tinha sido reeleito para um terceiro mandato nas controversas eleições de sábado.

“Em nome do povo gabonês… decidimos defender a paz pondo fim ao regime atual”, disseram os oficiais.

O Centro Eleitoral Gabonês informou que Bongo obteve 64,27% dos votos, enquanto o seu principal oponente, Albert Ondo Ossa, obteve 30,77%, após um processo marcado por atrasos.

No sábado, a oposição classificou a eleição como uma “fraude orquestrada por Ali Bongo e seus apoiantes”, após o corte da internet e a imposição de um recolher obrigatório. Os meios de comunicação franceses, France 24, RFI e TV5 Monde, foram também proibidos, acusados pelo governo de “falta de objetividade e equilíbrio… em relação às atuais eleições gerais”.

Bongo foi o candidato do Partido Democrático Gabonês (PDG), fundado pelo seu pai, Omar Bongo, que governou o Gabão de 1967 a 2009. Após a sua morte, o seu filho, então ministro da defesa, assumiu a presidência e tem estado no poder desde então.

As tensões aumentaram durante a votação de sábado, com a oposição a pedir mudanças e o fim da dominação da família Bongo no Gabão.

Após o anúncio militar, as agências de notícias Reuters e AFP reportaram sons de tiros na capital gabonesa, Libreville.

RTB/Aljazeera.

Artigos relacionados

Armando Lona detido pela polícia.


Armando Lona detido pela polícia.

O  Coordenador da Frente Popular, Armando Lona, está detido pelas forças de ordem, na sequência da manifestação pacífica deste sábado, 18, em Bissau. Também, para além da Presidente da Associação Juvenil para Promoção e Defesa dos direitos humanos, a CFM soube da...

Gibril Bodjam detido em Gabú

Gibril Bodjam detido em Gabú

Ativista Social Gibril Bodjam detido esta manhã pela Policia de Ordem Pública de Gabú durante conferência de  imprensa na sequência da marcha convocada pela Frente Popupalar em todo o país. A polícia impediu a continuidade da conferência de imprensa da Frente Popular...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE