Frente comum dos professores ameaça reter fichas de avaliação das escolas públicas
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Mamasamba Balde

Junho 15, 2022

Junho 15, 2022

A Frente Comum dos Sindicatos dos Professores da Guiné-Bissau (FRENAPROF) ameaça reter todas as fichas de notas dos alunos das escolas públicas, até quando forem pagos os 8 meses de salário aos professores novos ingressos.

Alfredo Biaguê falava da situação do sector de educação adiantando que o único caminho a percorrer neste momento é retenção das fixas.

“ Apelamos a todos os professores, tanto os efectivos como os novos ingressos, para reter as fichas de avaliação enquanto não houver solução às dívidas contraídas com os docentes novos ingressos”, apelou o sindicalista.

“ O próximo ano lectivo 2022-2023 terá início com greves para manifestar as indignações com a qual fechamos este ano lectivo”, ameaçou.

Para isso, avisou os directores regionais e de escolas a não tentar intimidar os professores caso contrário, terão as devidas consequências.

//RTB- RSM

Artigos relacionados

Caso Marcelino Intupe: MADEM G-15 chama atenção.

Caso Marcelino Intupe: MADEM G-15 chama atenção.

O Movimento para Alternância Democrática ( MADEM G-15) convidou as autoridades nacionais para “o respeito das leis da República” e que garantem a segurança e proteção aos cidadãos. A posição do MADEM G-15 foi esta sexta-feira (02.12) expressa no Comunicado à imprensa...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE