Direção Regional do Movimento Nacional da Sociedade Civil de Gabú repudia a detenção de ativistas sociais.
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Geraldo C

Maio 19, 2024

Maio 19, 2024

Numa nota enviada a Rádio TV BANTABA, a direção regional de movimento nacional da sociedade civil de Gabú, esclarece a opinião pública nacional e internacional que, em virtude da manifestação convocada pela Frente Popular, uma organização social, com o objetivo de protestar contra o aumento do custo de vida, a generalizada subida dos preços dos produtos de primeira necessidade no mercado, o crescente nivel de violência, e a falta de respostas às ausência de resposta aos problemas que afetam os setores de ensino e da saúde pública é que motiva a frente popular a sair as ruas.

“Segundo a nota, no início, na tentativa de impedir a marcha, os manifestantes foram dispersos e intimidados. Para evitar confrontos com a policia, retiraram-se das ruas e decidiram realizar uma conferência de imprensa para manifestar o seu desagrado em relação ao impedimento de uma marcha popular sobre a situação do seu país. De imediato, surgiram forças de ordem, avança a mesma nota, que interromperam a reunião e deteram ilegalmente três jovens ativistas sociais e defensores dos direitos humanos, que foram levados para Bissau e presos na segunda esquadra. Um deles acabou por ser hospitalizado devido a uma subida da pressão arterial.

Nesse sentido, e perante as circunstâncias terríveis destes acontecimentos, que num Estado de direito democrático podem minar todas as conquistas e a consolidação da democracia.

A direção regional de movimento nacional da sociedade civil de Gabú repudia veementemente este ato, que considera um abuso de poder, e exige a libertação imediata dos jovens detidos.

A nota termina que, é importante ressaltar que o império da lei deve ser aplicado para controlar o Estado, as instituições e seus responsáveis, e não a população que luta para sobreviver no seu dia a dia.

A direção regional de movimento nacional da sociedade civil de Gabú une esforços com outras organizações nacionais para fazer valer os direitos consagrados na Constituição da República, visando fortalecer a democracia na Guiné-Bissau.

//RTB

Artigos relacionados

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE