CPLP: Juventude enfrenta desafios da mobilidade, diálogo intercultural e violência doméstica.
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Mamasamba Balde

Novembro 22, 2022

Novembro 22, 2022

CNJ

A Presidente do Fórum da Juventude da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa revelou que “ Juventude da CPLP enfrenta desafios da mobilidade, diálogo intercultural e violência doméstica”.


Aissatu Forbes Djalo discursava na abertura solene da semana da Juventude da CPLP a decorrer esta terça-feira (22.11) no Rio de Janeiro, Brasil.


“Atualmente a juventude da comunidade dos países da língua portuguesa, presentes em 9 estados, 4 continentes e constituindo a maioria da população nos nossos países enfrenta muitos desafios desde a mobilidade, diálogo intercultural, violência doméstica, infelizmente muitos dos nossos países não garantem o direito a educação de qualidade, ao emprego, ao acesso a justiça a igualdade de género entre outros”, revelou a presidente.


Para fazer face a situação, Forbes Djalo admitiu “a criativa no Centro de
iniciativas do empreendedorismo juvenil, Advocacia e mobilização nacional para a promoção de igualdade e equidade de género” na Comunidade.



“Consciente das necessidades e aspirações da juventude lusófona – o fórum definiu 5 desafios: Advocacia dentro do espaço CPLP e nas demais plataformas de diálogo da juventude, Posicionamento global e ações nacionais sobre saúde e clima, promoção da economia criativa no Centro de
iniciativas do empreendedorismo juvenil, Advocacia e mobilização nacional para a promoção de igualdade e equidade de género e Desenvolvimento de plataforma de comunicação visando aproximação e intercâmbio da juventude dentro da comunidade”, frisou.


Forbes Djalo realçou ainda que “é extremamente importante colocar jovens e mulheres (género e juventude) no centro das agendas intersectoriais, cobrindo todas as ODS”.

“A juventude da CPLP tem traduzido positivamente as aspirações dos seus Estados membros no empreendimento dos esforços e medidas na promoção de políticas públicas de juventude, bem como as relevantes iniciativas globais existentes, como a Carta Africana da Juventude, a plataforma ibero-americana da juventude, atendendo que os países da CPLP pertencem a outras diferentes comunidades e contextos regionais e sub-regionais, reconhecendo que a juventude representa um segmento estratégico para o desenvolvimento sustentável, devendo os Estados garantir a igualdade de oportunidades entre gerações” realçou.

O Forum da Juventude de Comunidafe dos Países da Língua Portuguesa foi criado em 1997 visa cimentar e valorizar valores comuns [ UMA LÍNGUA, UMA HISTÓRIA, UMA COMUNIDADE], que assente na convivência secular, o respeito pelos direitos humanos, pela diversidade dos estados membros na afirmação da língua que partilham e no desenvolvimento da comunidade.



RTB

Artigos relacionados

Casa de Ntupé foi atacada “a tiros “por pessoas desconhecidas.

Casa de Ntupé foi atacada “a tiros “por pessoas desconhecidas.

A casa do advogado e analista jurídico Marcelino Intupé foi atacada a tiros esta noite (05.12) por pessoas desconhecidas, informou a Rádio Sol mansi. “Estas informações foram confirmadas por pessoas próximas à sua residência e por fontes policiais que...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE