Centro de saúde de Buba sem ambulância e camas para internamento
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Tidjane Cande

Junho 7, 2022

Junho 7, 2022

O paludismo continua a ser um dos maiores problemas de saúde registados no centro de saúde de Buba, região de Quinará, sul da Guiné-Bissau. O centro não dispõe de ambulâncias e nem condições eficazes para atendimento

Informou à Rádio Sol Mansi, o diretor clínico deste centro de saúde tipo (A). A RSM esteve no centro, na semana passada, e constatou a real situação do seu funcionamento caracterizado por várias dificuldades, incluindo evacuação.

De acordo com o médico, Serifo Tchantchalan, os doentes outrora chegam tarde ao hospital deixando pouco espaço de intervenção médica.

Durante a nossa estada, confirmamos que o Centro de Saúde de Buba conta com três áreas sanitárias (Banta, N´djassan e Buba), com apenas três médicos, três parteiras e outras adaptadas, dois técnicos de laboratório e 45 enfermeiros e a maioria está em Bissau a frequentar o curso superior.

Nesta senda, Tchantchalan diz que a situação tem constituído uma preocupação em dar resposta aos utentes que, segundo ele diariamente, realizam 50 ou mais consultas.

De acordo ainda com o clínico geral, o centro dispõe de 17 camas para os internamentos das quais, 9 para adultos e 8 para as crianças.

Em termo da evacuação dos pacientes, médico diz que de Buba para Bissau conseguem graças à criação das redes de ambulâncias mas, nas aldeias os pacientes são obrigados a ser transportados com as motorizadas sobretudo as grávidas na zona em que as redes rodoviárias não é dos normais do país, por isso, pede às autoridades competentes para resolver a situação da única ambulância do centro que se encontra parado há dois anos por questão mecânicas.

A situação da evacuação dos pacientes no interior do país para centros de saúde continua a ser os maiores problemas dada a precariedade das vias rodoviárias.

Muitas famílias relatam a perda da vida dos seus pacientes no decurso da viagem que outrora se realiza com motorizadas ou a “careta do burro” para um centro de saúde.

//RTB – RSM

Artigos relacionados

Nuno Gomes Nabiam reeleito como novo presidente de APU-PDGB

Nuno Gomes Nabiam reeleito como novo presidente de APU-PDGB

Nuno Gomes NABIAM foi reeleito este domingo, como novo presidente da Assembleia do Povo Unido — Partido Democrático da Guiné-Bissau (APU-PDGB), com 944 votos que correspondem a 95 por cento, para mais um mandato de quatro anos.O segundo mais votado, Agostinho Sanhá,...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.