Acumulação de lixo ameaça saúde pública em Bissau: Residentes exigem ação imediata
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Redação

Novembro 7, 2023

Novembro 7, 2023

RSM

Residentes de Bissau estão alarmados com a acumulação de resíduos nas principais avenidas e ruas secundárias, com foco crítico no Bairro d´Ajuda, próximo ao Hospital 3 de Agosto e nas entradas do Bairro de Pessak. Durante uma reportagem da Rádio Sol Mansi, cidadãos expressaram a urgente necessidade de intervenção do governo para remediar o que parece ser uma situação de gestão de resíduos descontrolada pela Câmara Municipal de Bissau.

Um jovem entrevistado apelou diretamente ao Chefe do Governo para abordar a preocupante proliferação de detritos e o insuportável odor que se espalha pela área. Moradores do “espaço verde” no Bairro d´Ajuda também clamam por soluções efetivas, enfatizando a importância da adoção de práticas adequadas de higiene e manejo de resíduos pela comunidade.

Apesar dos esforços para contactar os responsáveis municipais pelo saneamento, a resposta ainda é pendente. Com a Câmara Municipal operando com recursos limitados – apenas duas viaturas para remoção de lixo, com prioridade para os mercados – a situação torna-se cada vez mais grave.

A RSM relata que as condições insalubres são evidentes nas proximidades do Hospital 3 de Agosto e que as pessoas têm que se proteger dos odores para transitar na área. Comidas e vegetais são vendidos junto a montes de lixo, elevando o risco de doenças para os consumidores.

O problema estende-se até à entrada do movimentado Bairro de Pessak, onde o lixo já atinge as bordas das estradas, perto de uma escola pública e de um terminal de transportes. Apesar das recentes instruções do Chefe de Estado para a detenção de veículos que descartam lixo indevidamente e da estipulação de um horário municipal para a coleta, falta uma estratégia de gestão de resíduos domiciliares eficaz, deixando a população em risco e clamando por uma solução urgente.

RTB/RSM

Artigos relacionados

Crise na Guiné-Bissau: Pronunciamento da União Africana

Crise na Guiné-Bissau: Pronunciamento da União Africana

Addis Ababa, 5 de dezembro de 2023: O Presidente da Comissão da União Africana, Sua Excelência Moussa Faki Mahamat, condena veementemente a recente violência na Guiné-Bissau, perpetrada por elementos da Guarda Nacional. O Presidente também observa com preocupação a...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE