Líder do PAIGC confiante na realização da reunião magna do partido na data marcada
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Mamasamba Balde

Agosto 15, 2022

Agosto 15, 2022

O líder do Partido Africano da Independencia da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) disse estar confiante na ralização do X congresso do partido, agendado para os dias 19 à 21 deste mês, após ter sido adiado várias vezes, devido o recurso enterposto no Tribunal por um dos militantes do partido de nome Bolom Conté.

Domingos Simões Pereira falava no fim de semana, na cerimónia de entrega de troféu a equipa vencedora do torneio de futebol em sua homenagem, organizado no circulo eleitoral 25, em Bissau.

Domingos Simões Pereira sustentou que o PAIGC é um partido político e têm o direito de organizar o seu congresso, e que vai realizar o evento na data marcada.

Para o efeito, Simões Pereira sublhinhou que diligências vão de ser tomadas para que sejam ultrapassados todos os obstáculos jurídicos, que têm sido criados ao partido, cumprindo a lei e fazendo valer os seus direitos políticos de realizar o congresso.

“Quem intenta o recurso jurídico para impedir um partido político de realizar o seu congresso, não percebe o jogo democrático. Os partidos políticos são associações políticas, quando têm problemas convocam o congresso”, explicou.

Domingos Simões Pereira afirmou que, quando o poder político está a impedir os partidos de realizar o seu congresso, é porque não está preparado para viver na democracia. “É isto que o povo guineense tem que perceber”, disse.

“Nós vamos enfrentar e vamos derrotar todos os obstáculos”., disse o líder do PAIGC.

O Partido Africano da Independência da Guiné é Cabo Verde (PAIGC) remarcou o seu Congresso Ordinário para os dias 19, 20 e 21 do mês corrente, após a decisão do Tribunal de Relação que considerou improcedente o recurso interposto pelo recorrente, Bolom Conté (militante), condenando a este a pagar uma multa de 200 mil francos CFA e ainda a arcar com as custas judiciais.

Bolom Conté, militante do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) interpôs um recurso de agravo junto do Tribunal da Relação de Bissau.

Conté interpôs, de novo, no passado dia 05 de Agosto, um recurso de agravo enviado ao venerando juiz desembargador do Tribunal da Relação de Bissau.

Lê-se no recurso que não se conformando com o acórdão n.°1/2022, de 29 de julho, Bolom Conte pretende interpor-se junto do Supremo Tribunal de Justiça.

Os tribunais estão em férias judiciais, devendo os mesmos voltarem a funcionar, em Outubro, depois da abertura do ano judicial.

//RTB_ANG

Artigos relacionados

Nova Iorque: CEDEAO decide impor sanções contra a Guiné Conakry

Nova Iorque: CEDEAO decide impor sanções contra a Guiné Conakry

Reunidos em cimeira extraordinária esta quinta-feira, 22 de setembro de 2022, em Nova Iorque, à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas, os Chefes de Estado da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), decidiram impor sanções adicionais...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE