SCGB Acusa federação de má gestão de fundos doados pela FIFA
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Tidjane Cande

Julho 28, 2022

Julho 28, 2022

O presidente de Sporting Clube da Guiné-Bissau (SCGB) acusou esta quinta-feira a direção da Federação de Futebol da Guiné-Bissau de ter gastado muito mal os fundos doados pela FIFA e CAF sem justificativos claros.

Ricardo Pascoal Caetano esclarecia os acontecimentos do congresso extraordinário de FFGB, realizado no passado sábado de onde foi aprovado o relatório de contas da passada época desportiva 2021/2022, com a excepção do seu clube.

“ A federação gastou 279 milhões, 454 mil e 312 francos cfa. Nos informou ter gastado só em transporte, 120 milhões 284 mil francos cfa, serviços exterior, 340 milhões 309 mil francos cfa, outros encargos, 421 milhões 158 mil francos cfa. São valores avultados e na regra contabilísticos, esta despesa tinha que ter anexos.

A federação vive simplesmente de subvenção que a FIFA, CAF e UEFA disponibiliza para actividades desportivas”, diz, acrescentando que a entidade desportiva recebeu da FIFA, 1 bilhão, 314 milhões 193 mil francos cfa, da CAF, 138 milhões francos cfa e da UEFA, 21 milhões 646 mil francos cfa e de outras entradas, num total de 3 milhões e 679 mil francos que totaliza 1 bilhão e 678 milhões 483 mil francos cfa.

“ Como foi utilizado estes fundos? Porque a federação premiou o campeão nacional da época 2021/2022, somente 6 milhões de francos cfa”, questionou o dirigente desportivo.

Ricardo Pascoal Caetano presidente de Sporting Clube da Guiné-Bissau, incriminou a actual direcção de estar a suicidar o futebol nacional, uma vez que os clubes estão todos carenciados e com dificuldades financeiras.

//RTB_RSM

Artigos relacionados

Ansumane Djassi é o novo governador da região de Bafatá

Ansumane Djassi é o novo governador da região de Bafatá

O engenheiro agrónomo Ansumane Djassi Foi empossado hoje (18.08), novo Governador da região de Bafatá. A cerimônia de tomada de posse contou com a presença de algumas entidades públicas e religiosas da Região. O recém-empossado prometeu trabalhar em colaboração...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.