Repórter da Rádio Quelele detido em plena reportagem.
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Mamasamba Balde

Julho 11, 2022

Julho 11, 2022

A Rádio Comunitária Voz de Quelele denunciou a detenção hoje ( 11.07) do repórter no pleno exercício de trabalho pela Polícia de Alto Bandim sob ordem da Diretora de Centro de Produção de Bilhete de Identidade de Zona 7.

“A Rádio Comunitária Voz de Quelele denuncia a detenção arbitrária do seu repórter Nelson Intchama hoje (11.07) pela polícia de alto bandim por ordens da diretora do centro de produção de bilhete de identidade de Zona 7 (alto bandim)”. Denunciou.

O Repórter foi detido no pleno exercício de trabalho, explicou ainda a Direção da Rádio Quelele.

“O repórter estava no pleno exercício da sua atividade profissional recolhendo informações junto dos cidadãos sobre o serviço do referido centro, isto depois que a própria diretora recusou dar entrevista ao repórter que estava devidamente identificado”.

A Rádio Comunitária Voz de Quelele disse ainda que “por várias horas Nelson Intchama foi mantido na esquadra policial de alto bandim e posteriormente o caso foi transferido para a Polícia Judiciária”. Neste sentido, a direcção da Rádio Quelele “chama atenção das autoridades do país sobre a necessidade de velarem pelo cumprimento da Lei e respeito à direitos humanos”.

Fonte: Página de Rádio Quelele

Artigos relacionados

FC CUNTUM NA “QUEDA LIVRE” MAIS UMA DERROTA [1-3] COM UDIB.

FC CUNTUM NA “QUEDA LIVRE” MAIS UMA DERROTA [1-3] COM UDIB.

Os Cavalos Branco de Cuntum continuam na senda de mãos resultados, desta vez caiu perante os Rapazes de Avenida[1-3]. Está terça-feira (31.01), no Complexo Desportivo de Lino Correia, em  Bissau, o jogo que contava para VI jornada de campeonato da I° liga de...

Lusofonia: Guiné-Bissau está na lista dos países mais corruptos.

Lusofonia: Guiné-Bissau está na lista dos países mais corruptos.

A Guiné-Bissau é o país de língua portuguesa pior colocado “no Índice de Perceção da Corrupção de 2022”, divulgado nesta terça-feira (31.1) pela Transparência Internacional, (TI) que analisa a situação em 180 países. Moçambique subiu cinco degraus em relação ao ano...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE