“Quem brinca com o fogo acaba se queimando”- diz o conselheiro político da Embaixada da China em Bissau
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Tidjane Cande

Agosto 5, 2022

Agosto 5, 2022

O conselheiro político da Embaixada da República Popular da China no país, qualificou de uma “violação severa” do princípio de “Uma Só China”, a recente visita da presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos de América(EUA), Nancy Pelosi a região de Taiwan.

Lí Feng, em conferencia de imprensa, realizada, na quinta-feira, (04.08) na Embaixada da República Popular da China, em Bissau, disse que existe no mundo apenas uma China e Taiwan é uma parte inalienável do seu território.

“O Governo da República Popular da China é o único governo legítimo que representa toda a China. É claramente reconhecida pela Resolução 2758 da Assembleia Geral das Nações Unidas em 1971”, salientou o diplomata.

Lí Feng sublinhou que desde a fundação da República Popular da China em 1949, 181 países, incluindo a Guiné-Bissau, estabeleceram as relações diplomáticas com a China com base no princípio de “Uma Só China”.

“O princípio de Uma Só China é um consenso geral da comunidade internacional e uma norma básica de relações internacionais”, disse.

Informou que, em 1979, os Estados Unidos fizeram um claro compromisso no Comunicado Conjunto sobre o Estabelecimento das Relações Diplomáticas China-EUA.

“No Comunicado Conjunto, os EUA reconhecem o Governo legítimo da China. Neste contexto, o povo dos EUA manterá as relações culturais, comerciais e outras relações, não oficiais, com o povo de Taiwan”, disse Lí Feng.

O diplomata chinês afirmou que o Congresso dos EUA, como uma parte do Governo dos EUA, deveria ter respeitado as políticas de “Uma Só China” e não efectuar qualquer intercâmbio oficial à região de Taiwan.

“A Presidente Nancy Pelosi é a líder incumbente do Congresso dos EUA e a sua visita e as actividades em Taiwan, de qualquer forma e de qualquer razão é uma grave provocação política para escalar os intercâmbios oficiais dos EUA com Taiwan”, disse.

O diplomata frisou que a China não aceita isso de forma alguma e que o povo chinês rejeita absolutamente isso, acrescentando que a questão de Taiwan é central e mais importante e sensível nas relações entre qa China e os EUA.

“O estreito de Taiwan está enfrentando uma nova rodada de tensões e desafios severos e a razão fundamental reside na alteração repetida do Status Quo, pelas autoridades de Taiwan e pelos EUA”, disse Feng.

Declarou que as autoridades de Taiwan procuram independência, contando com om apoio dos EUA, e que recusam reconhecer o Consenso de 1992 e promovem a “independência gradual”.

“Os Estado Unidos mantêm a intenção de usar Taiwan para conter a China, distorcem, obscurecem e esvaziam o princípio de Uma Só China”, admitiu Feng.

Disse que tudo isso é “muito perigoso como se brincasse com o fogo”, alertando que, quem brinca com o fogo acaba se queimando.

“A posição do Governo e do povo chinês em relação à questão de Taiwan é consistente. A defesa da soberania nacional e integridade territorial é a vontade firme de mais de 1,4 mil milhões do povo chinês”, salientou o diplomata.

Disse que a China tomará todas as medidas necessárias e defenderá resolutamente a soberania nacional e a integridade territorial para responder à visita da presidente Nancy Pelosi.

“Todas as consequências decorrentes devem ser responsabilizadas aos EUA e palas forças separatistas da independência de Taiwan”, avisou Lí Feng.

Segundo o Ministério da Defesa de Tipe, as forças armadas chinesas dispararam quinta-feira “múltiplos mísseis balísticos” nas águas que circundam a ilha de Taiwan.

As manobras militares surgem em resposta à visita a Taiwan da líder do Congresso dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, no passado dia 02 de agosto, vista pela China como uma grave provocação.

//RTB_ ANG

Artigos relacionados

Ansumane Djassi é o novo governador da região de Bafatá

Ansumane Djassi é o novo governador da região de Bafatá

O engenheiro agrónomo Ansumane Djassi Foi empossado hoje (18.08), novo Governador da região de Bafatá. A cerimônia de tomada de posse contou com a presença de algumas entidades públicas e religiosas da Região. O recém-empossado prometeu trabalhar em colaboração...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.