PR tchadiano morre aos 68 anos

No Tchad, morreu esta terça-feira o chefe de estado, Idriss Deby, durante uma visita às tropas na frente de combate contra os rebeldes no Norte do país.

De acordo com a BBC, a informação foi avançada pelo porta-voz do Exército tchadiano, general Azem Bermandoa Agouna, numa declaração lida na estação pública de televisão do país, TV Tchad.

A mesma fonte do Exército, citado pela agência Reuters, Deby estava de visita à frente dos combates contra os rebeldes na fronteira com a Líbia, a norte do país mas a causa da morte não foi revelada.

O jornal Público escreveu que o general Mahamat Kaka, filho de malogrado presidente, foi nomeado chefe de estado interino.

De sublinhar que, o executivo de Idriss Deby é visto como um aliado dos países ocidentais na luta contra o extremismo islâmico, com particular destaque ao Boko Haram e grupos ligados à Al-Qaeda e ao Daesh.

O marechal Déby, de 68 anos, que foi ontem anunciado vencedor das presidenciais de 11 de abril, com 79,32 por cento dos votos expressos, para um sexto mandato, liderava o país desde 1990.

A BBC avançou ainda, que o governo e o parlamento foram dissolvidos, pelo que um conselho militar vai governar pelos próximos 18 meses.

VJ

Share via
Copy link
Powered by Social Snap