ONG AIDA escreve carta aberta à Frente Social.
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Mamasamba Balde

Novembro 9, 2022

Novembro 9, 2022

A missiva com a data de 7 de novembro, a posse da Rádio TV Bantaba, vem na sequência das “declarações proferidas pelo Yoyo João Correla, numa conferência de imprensa realizada no dia 7 de novembro em nome do Frente Social formado por 4 sindicatos da Guiné-Bissau”.

 “Dizer ONG AIDA na Guiné-Bissau trabalham cerca de 90 técnicos guineenses, muitos dos quais têm postos de alta representação e responsabilidade na Delegação da organização neste pais. E todos e cada um deles e delas estão fortemente comprometidos com os valores da nossa Instituição e com o facto de contribuírem para uma Sociedade mais justa, humana e equitativa”, explicou a organização.

A Organização nega disse não merecer críticas “caluniosas”

 “A ONG AIDA não só não, tira qualquer benefício do dinheiro público da Guiné-Bissau, como Já implementou projetos neste país, por dinheiro conseguido junto de pessoas, entidades públicas e privadas estrangeiras, num valor superior a 10 milhões de €, beneficiando assim mais de 250.000 pessoas, graças ao seu trabalho. E naturalmente, continuaremos a trabalhar para as pessoas mais vulneráveis deste país, com todo o nosso empenho e sem temer criticas infundadas e caluniosas”, lê-se na missiva.

 A Organização Internacional AIDA vem esclarecer o seguinte: -A AIDA é uma Organização Não Governamental presente na Guiné-Bissau, desde 2005, com um elevado compromisso com os cidadãos deste país e com trabalho comprovado nos setores sociosanitário, desenvolvimento rural e educação, tanto no Setor Autônomo de Bissau como nas Regiões de Bolama Bijagós e Bafata. 

A AIDA esclareceu ainda “que é membro do Comitê de Gestão do Hospital Nacional Simao Mendes, desde abril de 2020, por solicitação expressa do Senhor Ministro de Finanças, à época, e exerce, além disso, um papel de gestão dos medicamentos e produtos do Bloco Operatório”.

Para além das intervenções desenvolvidas no setor sociosanitário a ONG AIDA revelou na missiva aberta à Frente Social que “conseguiu, ao longo dos últimos 15 anos, disponibilizar fundos estrangeiros para dar apoio ao desenvolvimento da Guiné-Bissau, realizando projetos que, segundo avaliações externas, foram de grande sucesso e com execução exemplar das suas ações.

A título só de exemplo, nomear alguns destes projetos: projeto de apoio ao desenvolvimento das ilhas de Bolama, Galinhas e Soga; Construção e gestão duma rede de 18 escolas de ensino básico, na zona transfronteiriça entre Cuntima e Sare Bacar; Construção e seguimento diário de mais de 30 hortas de gestão comunitária, nas regiões de Bafata e Gabú das quais se beneficiam mais de 2.500 famílias; construção e funcionamento desde há mais de 12 anos duma rede de fornecimento de água potável na cidade de Bolama; Construção do Liceu de Cumura; Apoio a clínica Céu e Terras para tratamento de pessoas com doenças infecciosas; alfabetização e apoio medicamentoso na prisão da 1 Esquadra; Criação do Gabinete do Utente junto da Liga Guineense de Direitos Humano ou Luta contra o tráfico irregular de menores junto da Associação AMIC”.

RTB

Artigos relacionados

Casa de Ntupé foi atacada “a tiros “por pessoas desconhecidas.

Casa de Ntupé foi atacada “a tiros “por pessoas desconhecidas.

A casa do advogado e analista jurídico Marcelino Intupé foi atacada a tiros esta noite (05.12) por pessoas desconhecidas, informou a Rádio Sol mansi. “Estas informações foram confirmadas por pessoas próximas à sua residência e por fontes policiais que...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE