Hoje celebra-se Dia Mundial do Combate à Seca e Desertificação

Esta quinta-feira é celebrado o Dia Mundial do Combate à Seca e à Desertificação e a Guiné-Bissau não foge à regra.

Para assinalar a efeméride, o Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural da Guiné-Bissau, alertou em comunicado que a taxa de degradação das florestas no país é preocupante e pediu o envolvimento de todos no combate à desertificação.

Segundo a DW África que cita a Agência Noticiosa da Guiné (ANG), o ministro Nicolau dos Santos sublinhou que a taxa de degradação das florestas é entre os 60 e 80 mil hectares por ano, causada pelo desmatamento, corte clandestino de árvores e queimadas descontroladas.

Na nota distribuida à imprensa, dos Santos destacou como consequência, perdas de reservas florestais e faunísticas, erosão, destruição de habitats animais, redução da biodiversidade, diminuição do caudal dos rios e das chuvas e aumento das temperaturas.

Para este responsável, é preciso consciencializar e sensibilizar as populações para o fenómeno da seca e desertificação e crescente degradação das terras aráveis no país.

Por último, Nicolau dos Santos afirmou que apesar das grandes dificuldades económicas e financeiras, o país possui imensas potencialidades agrícolas e florestais e a reflorestação do país ainda é possível, se cada cidadão comprometer-se a plantar uma árvore por ano.

A data que foi instituído pela ONU em 1994, foi celebrado pela primeira vez em 1995 e visa sensibilizar as populações e governos quanto à necessidade de cooperação mundial no que respeita a desertificação e a seca.

O dia visa ainda, sublinhar a importância do respeito da Convenção da ONU de Combate à Desertificação nos países mais afetados pela seca/desertificação, sobretudo nos países africanos.

A desertificação é a perda da capacidade de renovação biológica das zonas áridas, semi-áridas e sub-húmidas, por ação humana ou variação climática.

A seca é um fenómeno natural onde se regista um défice de água por um extenso período de tempo, com danos na agricultura, pesca e no habitat dos seres vivos, entre outros.

VJ

Share via
Copy link
Powered by Social Snap