Gabú: Polémica a volta de 15 mil litros de combustível requisitado por ministério.
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Redação

Abril 15, 2022

Abril 15, 2022

Em Gabú Polémica a volta de 15 mil litros de combustível requisitado por ministério de tutela a favor de Gabú.

Cerca de 15 mil litros requisitado por parte do ministério da energia a favor de Gabú desde dia 04 de Abril e que não foi disponibilizado, foi o objeto de protesto nas redes sociais e por várias franjas da sociedade, que motivou a conferência de imprensa promovido pelo delegado regional da energia de Gabú.

Amadu Embalo (Amadu Russo) confirma existência de uma requisição de combustível feita pelo ministro para Gabú datado, dia 04 de Abril de 2022, más disse que até neste momento a entidade Petromar encarregue para abastecimento de central elétrica de Gabú não disponibilizou ainda, devido problemas logística, tendo em conta sequências de fornecimentos por outras empresas.

” Na realidade, esteve em Bissau no dia 04 de Abril, segundo dia de njenjum, falei com o ministro tutela sobre situação de Gabú, e qual é a importância da energia sobre tudo neste mês de ramadão, por conseguinte este deliberou uma requisição de 15 mil litros de combustível entregue ao Petromar entidade fornecedor para assegurar por enquanto neste período. Sendo assim, ficamos a aguardar até confirmei com o homem responsável comercial, que me apresentou vários situações logística que me disse, logo será resolvido breve” salientou

Amadu russo, indignado com as informações veiculadas nas redes sociais, sobre possíveis desvio de 15 mil litros de combustível, pede a contenção pelas afirmações de falsas provas de desvio de combustível para outros destinos.

Disse “documentos podem ser e até são verdadeiras, más não podemos confundir requisição e depósito, a requisição pode ser feita, mas no momento de ação pode atrasar, são coisas diferete” .

Importa salientar que, a prolongada falta de luz elétrica na cidade de Gabú, sobre tudo neste mês de ramadão, suscitou reações na comunidade. A par disso, um dispositivo de segurança foi colocada nas instalações de central elétrica por alegada de possível estravio da quela maior central elétrica da região.

Geraldo S. Camara

Artigos relacionados

CNE: ANP admite assumir responsabilidade caso não haja consenso.

CNE: ANP admite assumir responsabilidade caso não haja consenso.

O Presidente da Assembleia Nacional Popular(ANP) Cipriano Cassamá,  almeja  “consenso “ entre partidos políticos, admitindo que o Parlamento guineense assumirá a sua responsabilidade para “desbloquear o país”. Em Declaração à imprensa esta quinta-feira (08.12) à saída...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE