Covid-19: AC admite aumentos de novos casos

Na Guiné-Bissau, a situação do novo coronavírus continua a preocupar o Alto Comissáriado para a Covid-19.

Em declarações à Lusa, Magda Robalo, afirmou na quinta-feira, 15 de janeiro, a possibilidade de um aumento de casos de infeção pelo novo vírus e referiu ser necessário tomar duras medidas para impedir a propagação da doença.

Na segunda-feira, a responsável vai fazer apresentar o boletim clínico semanal, onde fará o ponto de situação dos dados concretos.

De acordo com os dados divulgados na primeira semana do Ano Novo, foram registados 23 novos casos de infeções, que segundo, a antiga ministra da saúde guineense advogou ser um aumento brusco derivado pelo relaxamento nas medidas de prevenção.

Para Magda Robalo, este acréscimo deveu-se as aglomerações de pessoas oriundas de diferentes pontos do país e diáspora, na quadra festiva que juntou muitas famílias.

A RTB soube também, através da Lusa que quatro escolas da capital registaram casos de infeção, mas que as crianças encontram em quarentena, bem como os respetivos professores.

A Alta Comissária para a Covid-19 rematou por fim, na necessidade de retomar medidas de controlo de circulação de pessoas para tentar bloquear o foco de infeção.

Em março do ano passado, o país entrou em estado de emergência sanitária, passados seis meses alterou-se para estado de calamidade e já em dezembro do mesmo ano as autoridades decretaram o estado de alerta sanitário.

VJ

Share via
Copy link
Powered by Social Snap