“Circunstâncias de derrubar o parlamento é como uma bomba atómica” – o líder do PAIGC
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Tidjane Cande

Maio 13, 2022

Maio 13, 2022

O presidente do Parido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), Domingos Simões Pereira, disse ainda que em algumas circunstâncias o poder de derrubar o parlamento é tido como numa bomba atómica porque quando é lançada não existe a possibilidade de voltar atrás

O alerta de Domingos Simões Pereira foi dado depois da audiência com o Presidente da República (PR) que, hoje, ouviu os partidos políticos representados no parlamento. Simões Perira falava em referência a anunciada a decisão do PR em derrubar do parlamento.

O líder do PAIGC disse que a atual situação vai pôr em causa a estabilidade interna e o funcionamento das instituições e isso é da preocupação da sua formação política.

Simões Pereira disse que a ideia da dissolução do parlamento, “porque estamos em face de assuntos que são fraturantes”, não é uma solução porque a vocação do parlamento é tratar dos assuntos fraturantes.

Simões Pereira apareceu pela primeira vez num encontro com Umaro Sissoco Embaló. Ele disse que resolver deixar de lado a sua coerência e resolveu comparecer ao encontro porque o país está vésperas de uma decisão que poder ser trágica para o país.

Simões Pereira disse ainda que há erros que quando são cometidos tornam-se irreversíveis e difíceis de serem corrigidos.

//RTB – RSM

@TIDJANE CANDE

Artigos relacionados

Nuno Gomes Nabiam reeleito como novo presidente de APU-PDGB

Nuno Gomes Nabiam reeleito como novo presidente de APU-PDGB

Nuno Gomes NABIAM foi reeleito este domingo, como novo presidente da Assembleia do Povo Unido — Partido Democrático da Guiné-Bissau (APU-PDGB), com 944 votos que correspondem a 95 por cento, para mais um mandato de quatro anos.O segundo mais votado, Agostinho Sanhá,...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.