China projeto de autoestrada na Guiné-Bissau

Na Guiné-Bissau, foi lançada esta  sexta-feira o novo projeto de construção da primeira autoestrada do país, que vai ligar o aeroporto da capital à localidade de Safim.

A iniciativa projetada, numa distância de 8,2 quilómetros, pertenceu à China e terá a duração de dois anos.

De acordo com à Lusa, a cerimónia contou com a presença do líder guineense, Umaro Sissoco Embaló, que ao usar da palavra enalteceu as boas relações existentes entre os dois países.

Para Embaló, esta ação é o início de construção de várias infraestruturas e estradas na Guiné-Bissau.

Já Fidélis Forbs, ministro das Obras Públicas guineense, afirmou que a obra ora lançada não só vai facilitar as condições da melhoria de segurança rodoviária, permitir acesso rápido, bem como vai promover e engendrar uma maior dinâmica e acessibilidade, na promoção e bem-estar da população.

O governante referiu que uma série de obras realizadas pela cooperação chinesa no país, foi fruto de uma relação  que considerou de intemporal, acrescentando não se esgotar em sentimentos, valores e materiais.

Por fim, o diplomata chinês no país, Guo Ce, disse que a Guiné-Bissau conheceu estabilidade com Umaro Sissoco na presidência e acredita que daqui para a frente vai lançar-se no processo de desenvolvimento económico.

O projeto que vai ser suportado por  completo pela China, orçado no valor de 13,6 milhões de euros, vai de ter 3,5 metros de largura para as faixas de rodagem e duas passadeiras de dois metros de largura nas bandas.

A autoestrada será revestida com betão betuminoso com cinco centímetros de espessura.

VJ
Share via
Copy link
Powered by Social Snap