Caso Licença das Rádios: A Inspeção Geral da Comunicação admite encerrar órgãos infratores.
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Tidjane Cande

Abril 13, 2022

Abril 13, 2022

A Inspeção Geral do Ministério da Comunicação Social ameaçou sancionar os órgãos que infringirem a medida do governo, que ordenou a regularização das licenças de rádiofusão no país.

No Comunicado datado a 12 de Abril, na posse da Rádio Bantaba, a Inspeção Geral do Ministério da Comunicação Social justificou a sua medida.

“ A partir da data do Comunicado do Governo, as Rádios privadas e Comunitárias que ainda não regularizaram as respetivas situações, e continuam a transmitir clandestinamente, são consideradas ilegais por infração do Artigo 42⁰ da Lei de Rádiofusão”. Sustentou.

Mediante a suposta violação invocada pela Inspeção Geral, aquela entidade admitiu os seguintes.

“ Quem exercer, sem licença, a atividade da radiodifusão, ou quem efetuar emissões consideradas clandestinas boa termos da presente Lei, será punido com pena de prisão de 3 anos e multa correspondente. A condenação prevista no número anterior tem como pena acessório o encerramento da estação emissora e das respetivas instalações”. Disse.

A Inspeção Geral do Ministério da Comunicação Social lembrou ainda que “ as Rádios Comunitárias de acordo com as orientações do Governo só é permitida a entrada encadeia com a Rádio Nacional nos noticiários das 13 horas e 20 horas”.

RTB/ Redação

Por: Mamandin Indjai

Artigos relacionados

Nuno Gomes Nabiam reeleito como novo presidente de APU-PDGB

Nuno Gomes Nabiam reeleito como novo presidente de APU-PDGB

Nuno Gomes NABIAM foi reeleito este domingo, como novo presidente da Assembleia do Povo Unido — Partido Democrático da Guiné-Bissau (APU-PDGB), com 944 votos que correspondem a 95 por cento, para mais um mandato de quatro anos.O segundo mais votado, Agostinho Sanhá,...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.