Caso 1 de Fevereiro: Madem-G15 quer a justiça
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Tidjane Cande

Julho 19, 2022

Julho 19, 2022

O Movimento para Alternância Democrática (MADEM G-15) exortou, esta terça-feira, ao primeiro-ministro para que os implicados no caso 1 de fevereiro sejam traduzidos à justiça a fim de conhecer o veredicto final.

O apelo desta formação política foi transmitido por Braima Camará à imprensa depois do encontro com o chefe do executivo, Nuno Gomes Na Bian, no palácio do governo.

De acordo com o líder do MADEM G-15 no processo democrático, a situação de golpe de estado ou matar alguém não deve fazer parte por isso, apela ao PM guineense para traduzir os implicados à justiça mais rápido possível.

“Depois do meu regresso ao país achei que faz todo sentido solidarizar com o governo e lamentar as mortes verificadas e condenar os danos ocorrido no caso de 1 de fevereiro por isso, nós como portador da paz e da estabilidade, por que no processo de democrático acto deste género não tem lugar, neste caso apelamos e exortamos ao primeiro-ministro a traduzir os implicados à justiça mais rápido possível”, sublinhou o líder do MADEM.

Em relação ao processo eleitoral, Braima Camará disse que o chefe do executivo manifestou-lhe o engajamento do governo para que a data 18 de dezembro seja uma realidade para a realização do escrutínio.

“(…) Aproveitamos a ocasião para falar da situação do processo eleitoral no qual o primeiro-ministro nos informou que o governo está engajado e firme para que o escrutínio de 18 de dezembro seja uma realizada no país”, revelou Braima Camará.

//RTB _ RSM

Artigos relacionados

Ansumane Djassi é o novo governador da região de Bafatá

Ansumane Djassi é o novo governador da região de Bafatá

O engenheiro agrónomo Ansumane Djassi Foi empossado hoje (18.08), novo Governador da região de Bafatá. A cerimônia de tomada de posse contou com a presença de algumas entidades públicas e religiosas da Região. O recém-empossado prometeu trabalhar em colaboração...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.