Após denúncia de tentativa de Golpe de Estado, PR faz mudanças na estrutural militar do país

Uma semana depois da denúncia do Presidente da República, Umaro Sissoco Embalo, sobre estar em curso tentativa de Golpe de Estado e de assassinato das figuras como o Próprio Chefe de Estado (Umaro Sissoco Embalo), Botche Candé (Ministro do Interior), Sandji Fati (Ministro da Defesa), Biague Nan Tam (Chefe de Estado Maior das Forças Armadas), Sissoco Embalo faz profundas mudanças na estrutura militar do país.

A RT Bantaba teve acesso a cinco (5) “Notas Informativas” da presidência da república que dão conta que:

Ibraima Papa Camará foi exonerado das funções de Chefe de Estado Maior da Força Aérea;

Augusto Mário Có foi exonerado do cargo de Presidente do Instituto de Defesa Nacional;

3° Foram Nomeados o Coronel Mamadú Saliu Embaló para cargo de de Vice-chefe do Estado Maior da Força Aérea, e o Capitão de Mar-e-guerra, Vitorino Tegba, como Vice-chefe do Estado Maior da Armada;

4° Major General, Ibraima Papa Camará (ora exonerado) foi nomeado para cargo de Presidente do Instituto de Defesa Nacional;

5° Coronel, Joaquim Filinto Silva Ferreira, nomeado Chefe do Estado Maior da Força Aérea.

Pode-se ler nos documentos tornados públicos hoje (19/02) pelo Gabinete de Comunicação e Relações Públicas, da Presidência da República.

De recordar que – na chegado ao país de um tratamento médico no Senegal, na semana passada – o Presidente da República, Umaro Sissoco Embalo contou aos jornalista de que há rumores de Golpe de Estado e plano de assassinato de altos figuras do país.

RT Bantaba

Share via
Copy link
Powered by Social Snap