“A decisão do governo através do conselho dos ministros demonstra a falta de competência”_diz Yasser Turé
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Mamasamba Balde

Agosto 27, 2022

Agosto 27, 2022

Segundo a RSM, A União Nacional dos Trabalhadores da Guiné (UNTG) considera de falta de competência a decisão do governo que ordena a suspensão de novos ingressos nos ministérios de educação e da saúde.

No seu conselho dos ministros realizado ontem no palácio da República, o governo ao decidir mandar suspender admissão dos novos ingressos, nos ministérios da Educação e da saúde, alega o aumento de número do pessoal nestes dois sectores e consequentemente a subida da massa salarial.

Sobre este assunto e durante uma entrevista a Rádio Sol Mansi, o vice secretário-geral da maior central sindical do país, Yasser Turé, disse que a sua organização já tinha alertado o executivo sobre o que podia advir desta medida, no entanto, o governo afirmou que com o aumento dos novos impostos, iriam permitir um aumento de massa salarial em 9%.

“A decisão do governo através do conselho dos ministros demostra a falta de competência, porque antes do início do ano, o governo tinha que sentar à mesma mesa com deferentes ministérios para ouvi-los antes da laboração de orçamento que vai permitir o seu funcionamento como deve ser, mas antes da apresentação deste documento, os parceiros já tinha chamado o governo atenção mas, não deu ouvido”, afirmou.

Yasser Turé disse que a União Nacional dos Trabalhadores está a observar atentamente as decisões tomadas pelo governo, estando este a provocá-los para que tomem decisões radicais.

“ (..) O governo está-nos a provocar a tomada de decisões radicais, mas, não vamos permitir a mudança de directiva neste momento”, avisou.

A União Nacional dos Trabalhadores da Guiné (UNTG pediu a união no seio de todos os funcionários para fazer face aos sucessivos acontecimentos na vida do país.

//RTB_RSM

Artigos relacionados

Nova Iorque: CEDEAO decide impor sanções contra a Guiné Conakry

Nova Iorque: CEDEAO decide impor sanções contra a Guiné Conakry

Reunidos em cimeira extraordinária esta quinta-feira, 22 de setembro de 2022, em Nova Iorque, à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas, os Chefes de Estado da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), decidiram impor sanções adicionais...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE