“A campanha de comercialização de castanha de cajú 2021 foi muito positiva” disse Caustar Dafá
© Radio TV BantabaAll Rights Reserved

Por: Tidjane Cande

Abril 9, 2022

Abril 9, 2022

O presidente da (ANCA-GB), Caustar Dafá, disse que assumiu a agência e que tem vindo a aplicar a lei como autoridade reguladora, em conformidade com as leis vigentes no país.

Numa entrevista exclusiva a jornal democrata, o presidente da ANCA-GB Caustar Dafá disse a agência não tem andado em sintónia com os operadores económicos nacionais.

Caustar Dafá disse que até 19 de fevereiro deste ano, o país exportou 234.199 toneladas de castanha de cajú, sendo um “número record” na história.

“A campanha de comercialização de castanha de cajú 2021 foi muito positiva para a Guiné-Bissau no sentido geral e em particular para a ANCA-GB”, sublinhou.

Caustar Dafá frisou ainda que se não tivesse havido colaboração entre as instituições que trabalham neste setor, seria difícil conseguir a quantidade que o país exportou.

Questionado sobre o que originou o desentendimento entre a ANCA-GB e os operadores económicos no período da exportação da castanha de cajú.

Caustar Dafá disse que antes de assumir a presidência daquela instituição havia sempre polémica entre operadores económicos e os responsáveis da ANCA-GB, contudo, disse que até ao momento não conseguiu descobrir os verdadeiros motivos desse desentendimento.

Por outro lado Dafá defendeu que é necessário abrir um processo de investigação para descobrir os verdadeiros motivos desse desentendimento.

De acordo com Caustar, a ANCA-GB é uma entidade que tem vocação reguladora da fileira de castanha de cajú e o desenvolvimento da cadeia, ou seja, é uma agência ou departamento transversal que completa o sentido dos outros departamentos, nomeadamente o Ministério do Comércio, agricultura e as outras entidades.

O presidente da ANCA-GB disse não compreender por que razão os operadores económicos não se entendem nas operações finais.

“Portanto, a Polícia Judiciária e o Ministério Público não podem ficar quietos, enquanto existem pessoas que querem colocar o Estado numa situação difícil”, frisou

Caustar Dafá lembrou que quando foi criada, a ANCA conseguiu a aprovação da taxa de sobrevalorização no valor de 5 francos por quilograma, que tem a sua aplicação direta de acordo com a lei.

//RTB – O democrata

Artigos relacionados

Nuno Gomes Nabiam reeleito como novo presidente de APU-PDGB

Nuno Gomes Nabiam reeleito como novo presidente de APU-PDGB

Nuno Gomes NABIAM foi reeleito este domingo, como novo presidente da Assembleia do Povo Unido — Partido Democrático da Guiné-Bissau (APU-PDGB), com 944 votos que correspondem a 95 por cento, para mais um mandato de quatro anos.O segundo mais votado, Agostinho Sanhá,...

0Comentarios

0 Comments

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.