Advogado de Trump já não vai à Ucrânia pedir investigação a Biden

Publicado porRTB

maio 11, 2019

11 de maio, 2019

Rudy Giuliani foi criticado após revelar que tencionava deslocar-se à Ucrânia para pedir às autoridades deste país uma investigação sobre Joe Biden, ex-vice-presidente dos EUA, candidato democrata às presidenciais de 2020

O advogado pessoal de Donald Trump, Rudy Giuliani, cancelou a viagem, que havia anunciado na sexta-feira, à Ucrânia, destinada a pedir às autoridades desse país que investigassem o ex-vice-presidente dos Estados Unidos Joe Biden.

“Não irei à Ucrânia”, disse Giuliani nessa mesma noite à cadeia televisiva norte-americana Fox, culpando os democratas de o acusarem de tentar retirar dividendos políticos da sua ida a Kiev.

“Eles (os democratas) dizem que eu me estava a meter nas eleições. Isso é ridículo, mas é a opinião deles”, acrescentou o advogado pessoal do presidente dos EUA, citado pela agência de notícias espanhola EFE.

Após dois anos de investigação sobre o alegado conluio entre a campanha eleitoral do presidente norte-americano e os dirigentes russos, nas eleições presidenciais de 2016, Giuliani foi criticado após revelar que vai pedir à Ucrânia uma investigação sobre Joe Biden, candidato democrata às eleições presidenciais em 2020.

A ideia é ajudar a reeleição do presidente norte-americano e prejudicar aquele que as sondagens indicam ser o mais forte adversário para Donald Trump.

0 Comments

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *